Noronha divulga o resultado do concurso cultural em homenagem ao mês das crianças

Noronha divulga o resultado do concurso cultural em homenagem ao mês das crianças

A Administração de Fernando de Noronha divulgou nesta segunda-feira (25) o resultado do concurso cultural de redação e desenho em homenagem ao dia das crianças. Os pequenos moradores da ilha, entre 06 e 12 anos, tiveram que pensar o arquipélago sob o tema: “Noronha daqui a cem anos”. Cerca de 70 participantes entraram na brincadeira e enviaram os trabalhos para serem analisados pela comissão julgadora e seis deles (três de cada categoria) foram os destaques da campanha: Enzo Santos Caldas, Lana de Castro Martins Guaitanele e Maria Julia Venâncio da Silva, no concurso de redação e Mateus Rocha Vasconcelos, Cecilia Oliveira da Silva e Antônio Miani Rocha, no de desenho.

Os seis primeiros colocados vão receber como premiação na próxima quarta-feira (27), na quadra da Escola Arquipélago, placas condecorativas, ecobag’s e bonés personalizados, além de material escolar. Os demais participantes também vão receber os kits na Superintendência de Turismo.

A comissão julgadora foi formada por profissionais das Superintendências de Educação, Comunicação e Turismo da Administração Distrital. Virgínia Marques, Eloíde Araújo e Gisele Magalhães analisaram os desenhos. Giovanna Rodrigues, Ney Anderson, Roberta Lobo e Neusa Brito ficaram responsáveis pelas redações.

A ideia do concurso foi fazer com que os jovens noronhenses imaginassem a ilha sob diversas possibilidades. Imaginar o mundo daqui a cem anos não é tarefa das mais fáceis nem para cientistas e futurólogos. Os pequenos noronhenses, no entanto, conseguiram a proeza de pensar como estaria a ilha em um tempo tão distante. “A criatividade delas comprovou que não existem limites para a imaginação, sobretudo para jovens que veem no futuro a expectativa por dias melhores, onde a natureza, a tecnologia, a sustentabilidade, entre outras coisas tão importantes para a sociedade e o planeta, consigam caminhar juntos em harmonia. Essa foi a nossa maneira de homenagear o dia das crianças, estimulando a criatividade de cada uma delas”, disse Giovanna Rodrigues, superintendente de Turismo de Noronha.

O garoto Antônio Miani Rocha, de seis anos, estudante da CIEI Bem-Me-Quer que ficou entre os seis destaques, imaginou a ilha com robôs fazendo parte da rotina. Já Cecília Oliveira, de 7 anos, desenhou uma ilha onde os automóveis e as bicicletas circulam com segurança. Mateus Rocha Vasconcelos, de 9 anos, imaginou a Vila da Vacaria com casas totalmente sustentáveis.

As crianças imaginaram os hábitos das pessoas do futuro, a forma de locomoção, os brinquedos e as brincadeiras, a moda, o turismo e tudo o que a criatividade delas permitiu. Enzo Santos, de 10 anos, escreveu sobre carros flutuantes, secretárias biônicas, roupas feitas de material reciclado, a população e os turistas vivendo sob os preceitos da sustentabilidade.

Lana de Castro, de 11 anos, descreveu Noronha apenas como ponto de mergulho, já que em 2121 ela estaria totalmente submersa, por conta dos efeitos do aquecimento global, com algas e corais cobrindo o que restou da ilha, sendo habitada apenas por animais marinhos. Maria Júlia, de 10 anos, foi um pouco mais otimista e pensou no arquipélago preservado, com hortas e mais espaços culturais e esportivos.

Texto: Ney Anderson

Compartilhe esta postagem


pt Português
X