SOBRE NORONHA

“Imagine um lugar isolado no oceano, com 16 praias deslumbrantes, elevações em pedras escuras, um mar de muitos azuis, monumentos singelos do século XVIII, ruínas de um passado marcado pela presença de prisioneiros, pela falta de liberdade, pela dificuldade no dia a dia, pela superação de obstáculos. Imagine um lugar paradisíaco onde os homens praticam diferentes formas de culto à natureza e à religião ao longo de quase quatro séculos de ocupação. Saiba que esse lugar existe e está a 375 quilômetros da costa brasileira e a 545 quilômetros do Estado ao qual pertence. Este lugar é Fernando de Noronha, o arquipélago vulcânico é hoje um Distrito Estadual de Pernambuco” (Marieta Borges – Historiadora).

O Arquipélago de Fernando de Noronha é composto por vinte e uma ilhas, rochedos e ilhotas. Sua extensão terrestre abrange o total de 26 km². Sua ilha principal e única habitada é a chamada “Fernando de Noronha”.

Situa-se quatro graus abaixo da linha do Equador, entre as coordenadas 03o45’S a 03o57’S de latitude e 32o19’W a 32o41’W de longitude. Está localizado a 545 km de Recife, capital do Estado de Pernambuco, Nordeste do Brasil.

Ilha de Fernando de Noronha

A ilha principal e mais extensa do arquipélago possui área terrestre de 17 km², abriga 16 praias e em sua pequena área urbana concentram-se as vilas residenciais, as instalações de Saúde, Educação, e toda a infraestrutura que permite a sobrevivência humana e prática do turismo no arquipélago: a companhia de energia elétrica, as estações de abastecimento e tratamento de água e efluentes, a usina de tratamento de resíduos sólidos, a rodovia, o Porto, o Aeroporto, os bancos, a estrutura de comunicação, transporte terrestre, mercados, lojas, museus, meios de hospedagens, restaurantes, e operadoras locais de turismo que integram a cadeia produtiva do turismo, principal fonte de renda da comunidade noronhense. Parte desta ilha corresponde a 30% de todo o arquipélago de Fernando de Noronha, Unidade de Conservação Ambiental denominada APA. A Área de Proteção Ambiental foi instituída em 1989 com o objetivo de garantir a preservação das espécies e a ocupação humana racional.

Ilhas Secundárias

A maioria destas ilhas está situada nos limites do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, sendo áreas intangíveis para garantir a preservação de sua fauna terrestre e ninhais de aves marinhas. Contemplação em passeios de barco e mergulho.

pt Português
X