Idosos da ilha, com 80 anos ou mais, já podem receber a 5ª dose da vacina

Idosos da ilha, com 80 anos ou mais, já podem receber a 5ª dose da vacina

Os idosos de Fernando de Noronha com idade a partir de 80 anos já podem tomar a quinta dose da vacina contra a Covid, conforme autorização do Ministério da Saúde e também da Secretaria Estadual de Saúde.

Os imunizantes são da Pfizer e as doses já estão disponíveis no Posto Saúde da Família (PSF), das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Em Noronha, 26 idosos nessa faixa etária estão elegíveis para tomar essa terceira dose de reforço. Todos já tomaram a quarta dose há mais de quatro meses, prazo mínimo para uma nova aplicação.

O superintendente de Saúde da Administração Distrital, Fernando Magalhães, informou que na próxima sexta-feira (25), profissionais de saúde de Noronha vão nas casas dos idosos para a aplicação da nova dose de reforço.

“Nós vamos fazer busca ativa dos idosos com a equipe do PSF para a aplicação da quinta dose. É de extrema importância que eles recebam o imunizante, principalmente para este grupo, que tende a apresentar baixas na imunidade. Portanto, foi uma decisão acertada do Ministério da Saúde em abrir mais uma dose de reforço para as pessoas dessa faixa etária”.

Fernando de Noronha tem 100% de sua população adulta vacinada com pelo menos duas doses. Desde outubro, moradores e turistas não precisam mais apresentar o cartão de vacina da Covid para entrar na ilha, de acordo com a sexta etapa de flexibilização do protocolo de reabertura do turismo no arquipélago. Além disso, a testagem dos visitantes na saída de Noronha foi reduzida de 20% para 10% dos passageiros, sorteados para o exame.

A Secretaria de Saúde do Estado e a Administração da ilha permanecem monitorando a imunidade dos moradores. Uma nova fase da pesquisa de Incidência e Prevalência da Covid-19 foi realizada entre os meses de setembro e outubro deste ano. O objetivo é saber sobre a imunidade permanente das pessoas após as doses das vacinas. Cerca de 240 moradores participaram do estudo.

Texto: Ney Anderson

Compartilhe esta postagem


pt Português
X