Escola Arquipélago terá energia 100% sustentável

Escola Arquipélago terá energia 100% sustentável

A Escola Arquipélago, em Fernando de Noronha, será o primeiro equipamento público da ilha com energia 100% sustentável. Isso será possível após a construção, no local, de uma quadra poliesportiva com 170 painéis de placas fotovoltaicas no telhado, suficientes para abastecer toda a escola com energia limpa.

Com o apoio da Administração da ilha, a empresa Elétron Energy, em parceria com a Casa Neuronha, irá executar a obra. O centro esportivo terá sala de artes marciais, com judô, caratê, jiu-jitsu, além de escritório para escolinha e associação de surf. A previsão de construção da quadra é de seis meses.

Para o administrador da ilha, Guilherme Rocha, levar energia sustentável para a escola faz parte do programa Noronha Carbono Zero, que pretende zerar a emissão de gás carbônico no arquipélago até 2030. “A gente começa a avançar na área de energia sustentável com placas solares, tornando a Escola Arquipélago o primeiro equipamento público da ilha que terá 100% de energia sustentável, numa parceria com a Casa Noronha e Elétron Energy. O programa Carbono Zero está presente em outros setores, como o de resíduos sólidos e o da mobilidade urbana, com os carros elétricos. Isso serve para mostrar que esse é um projeto para toda a ilha, que vai beneficiar a comunidade e o futuro de Fernando de Noronha”, destacou o administrador.

Guilherme ressaltou ainda que a Administração vai trabalhar para colocar placas solares em outros equipamentos públicos e na ilha como um todo, com mais locais para abastecimento dos carros elétricos e nas residências, por exemplo. “Isso tudo está sendo planejado a longo prazo, para ser algo bem feito”, disse.

André Cavalcanti, presidente da Elétron Energy, se mostrou animado em fazer parte de algo tão importante para o arquipélago. O sistema de energia sustentável será composto por módulos fotovoltaicos e inversores, que juntos irão gerar eletricidade usando a luz do sol como fonte de energia. “Fernando de Noronha, além de ser um paraíso de Pernambuco, virou uma referência em sustentabilidade no Brasil. O programa Carbono Zero visa eliminar o uso de combustíveis fósseis, então a Elétron, como uma empresa de energia sustentável, vem para ajudar e apoiar esse programa para, de fato, tornar a ilha totalmente sustentável. No telhado colocaremos as placas fotovoltaicas que vão atender toda a Escola, para ela deixar de consumir energia de fonte fóssil”.

A ideia do centro com a junção do incentivo ao esporte e a sustentabilidade foi da Casa Neuronha, para que os jovens noronhenses pudessem ter um espaço com boa estrutura e oportunidade de crescerem mentalmente e fisicamente, podendo se tornar futuros profissionais do esporte. As modalidades escolhidas como meta nesse primeiro momento, após a construção do espaço, são as que têm maior aceitação na ilha e conseguem agregar mais crianças para as atividades.

Rildo Iaponã, proprietário da Neuronha, comemorou ter conseguido tirar o projeto do papel. “A Casa Neuronha sempre trabalhou com o foco no social, principalmente com crianças e adolescentes. Então a escola é o nosso nicho, que já ajudamos há seis anos, com várias ações. Acho que precisávamos de um modelo para este projeto, e o melhor local é a escola, porque os jovens vão crescer com esse exemplo. A ideia é que a escola sirva de exemplo para a ilha. O nosso próximo passo é deixar a CIEI Bem-Me-Quer também 100% com energia sustentável”.

Texto: Ney Anderson

Compartilhe esta postagem


pt Português
X