Noronha inaugura espaço para atendimento psicopedagógico

Noronha inaugura espaço para atendimento psicopedagógico

A administração de Fernando de Noronha, por meio da Superintendência de Educação, colocou em funcionamento na ilha o Núcleo de Apoio Psicopedagógico (NAPP). O serviço tem a finalidade de auxiliar no desenvolvimento pedagógico, psicológico e psicossocial de toda comunidade escolar. O atendimento é destinado aos estudantes mas também se estende aos servidores das escolas e pais de alunos.

“Com esse novo serviço, disponível para todos, será possível atender as demandas da comunidade da ilha, oferecendo suporte, orientações e acompanhamento de acordo com a necessidade de cada um. É nosso compromisso promover o bem estar da população. Com esse tipo de atendimento, buscamos proporcionar as condições necessárias para o aprendizado dos alunos e o assessoramento dos pais e profissionais da educação”, explica o administrador da ilha, Guilherme Rocha.

O novo núcleo funciona no Centro de Geração e Renda, bem ao lado da escola de Referência em Ensino Superior e Médio (EREFM). O atendimento está disponível nos horários de 8h às 12h e das 14 às 17h. O agendamento é feito pessoalmente, no local. “Antes, o atendimento psicopedagógico era bastante limitado, não possuía espaço próprio e funcionava dentro da escola. O novo espaço, mais amplo, oferece as condições necessárias para um atendimento completo. Para isso, contamos com profissionais especializados, para atender de forma eficaz a todas as demandas ”, explica a superintendente de Educação da ilha, Rúbia Uchoa.

O NAPP conta com quatro profissionais: Psicóloga, Psicopedagoga, Assistente Social e Pedagoga. A equipe desenvolve estratégias de acolhimento aos alunos que necessitam de uma atenção mais especializada. “Essas crianças são sinalizadas pela escola e encaminhadas para o núcleo. Chegando aqui, nossa equipe se reúne e discute caso a caso para saber especificamente qual o tipo de ajuda aquele aluno necessita. Se for necessário iremos acompanhá-lo durante toda vida escolar”, diz a gestora do Núcleo, Massilde Costa.

De acordo com a assistente social Laine Sousa, também faz parte do atendimento, um acompanhamento familiar. “A partir dessa assistência, vamos identificar qual a necessidade de cada um, vendo o que é melhor pra cada família e ajudando no que for necessário”.

O serviço de psicologia educacional vai dar suporte nas dificuldades de desenvolvimento social e na aprendizagem. Os pais que perceberem alguma dificuldade na criança, devem procurar o núcleo para agendar o atendimento. “Faremos um trabalho de triagem, avaliação e acompanhamento. Iremos atender os pais e professores para orientar como eles devem fazer com a criança assistida. Vamos nortear os educadores em como eles devem trabalhar com esse aluno em sala de aula e como os pais devem proceder no dia a dia em casa” explica a Psicóloga Ana Emília.

Compartilhe esta postagem


pt Português
X