O que mudou com a pandemia no Ano dos Oceanos

O que mudou com a pandemia no Ano dos Oceanos

2020 foi declarado pela ONU o início da Década dos Oceanos, com uma série de eventos programados, incluindo as Conferências das Nações Unidas relacionadas à preservação marinha. No entanto, esses eventos foram adiados em consequência da pandemia da Covid-19.

A pandemia no início ajudou a diminuir os impactos ambientais causados pelos humanos nos oceanos, durante o período de isolamento social, mas, foram efeitos de curto prazo.

Logo nos deparamos com um dos principais problemas que já existia, mesmo antes desta crise mundial, mas, que conseguiu ser agravado, que foi à poluição marinha.

Resíduos descartados em cidades bem distantes do mar, inclusive, contribuíram com a chegada dos plásticos nos oceanos. Os plásticos não coletados e tratados de forma inadequada são carreados pelas águas das chuvas e pela ação do vento.

As consequências são inúmeras, tanto nos aspectos sanitários (o novo coronavírus – causador da COVID-19 – permanece vivo por até três dias no plástico e foi um vetor de contaminação), quanto ambientais, de uma maneira geral.

A poluição marinha por plásticos continuou, mesmo com a pandemia do coronavírus, porque o uso de descartáveis aumentou. Dentre os hábitos que mudaram com a pandemia, está o aumento nos pedidos de deliveries – e com isso, mais circulação de embalagens de isopor, por exemplo, que é um material sem circularidade e sem mercado de reciclagem.

Portanto, o plástico segue sendo um problema, e as empresas continuam sem oferecer embalagens alternativas, ou com materiais alternativos, aos consumidores.

O aumento de resíduos plásticos no mar, de todos os tipos e tamanhos, prejudica diretamente as espécies. Elas interagem com o plástico basicamente de duas formas: a ingestão dos resíduos e o “emaranhamento”. A ingestão de plástico, ou microplástico, já é observada em todos os níveis da cadeia alimentar, desde o zooplâncton até animais maiores, inclusive os peixes que consumimos.

É preciso que todos adotem medidas para reduzir o volume de lixo descartado, principalmente os materiais que podem causar contaminação. Isso protegerá tanto a sociedade do coronavírus, quanto os oceanos da poluição que impacta os ecossistemas marinhos.

REFERÊNCIAS:

https://brasil.oceana.org/pt-br/blog/protecao-dos-oceanos-em-tempos-de-pandemiacovid-1900

Compartilhe esta postagem


pt Português
X