Administração de Noronha firma parceria com Universidade Aberta do Brasil e Universidade de Pernambuco para cursos superiores a distância

Administração de Noronha firma parceria com Universidade Aberta do Brasil e Universidade de Pernambuco para cursos superiores a distância

A Administração de Fernando de Noronha publicou hoje no Diário Oficial de Pernambuco um decreto formalizando a implantação do Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB, do Ministério da Educação. Por meio de convênio com a Universidade de Pernambuco, vão ser ofertados cursos superiores a distância, de longa duração (de quatro a cinco anos), aos estudantes da ilha a partir de 2022.

Serão cinco cursos, nas áreas de administração pública, pedagogia, história, biologia e letras, com trinta vagas em cada campo de formação. O processo seletivo para admissão será por vestibular tradicional, no final do ano, no próprio arquipélago. Para a implantação do sistema UAB, a administração de Noronha vai criar um Polo de Apoio Presencial, com secretaria e sala de tutoria equipada com computadores, para os estudantes que precisarem do espaço para assistir as aulas online, além de laboratórios com recursos tecnológicos e biblioteca.

“Continuamos trabalhando com o compromisso de melhorar a vida das pessoas que vivem em Fernando de Noronha. Estudar é um direito de todos, então poder oferecer mais essa oportunidade para os ilhéus reafirma a nossa dedicação e preocupação com o desenvolvimento dos noronhenses através da educação”, comemora o administrador da ilha, Guilherme Rocha.

O objetivo do Polo de Apoio Presencial é que seja um espaço social, acadêmico e cultural para o desenvolvimento educacional dos estudantes noronhenses. “Este convênio visa ofertar um ensino público superior de qualidade, na modalidade EAD, em diversas áreas de conhecimento, com utilização de novas tecnologias de informação e comunicação. A Superintendência de Educação cumpre assim um de seus principais objetivos que é oportunizar a toda comunidade noronhense uma formação profissional acessível, certificada pelo MEC , com o mesmo valor de um curso presencial”, diz Rúbia Uchoa, superintendente de Educação de Noronha.

O Polo de Apoio Presencial é uma unidade operacional criada pelo Ministério da Educação para o desenvolvimento descentralizado de atividades didático-pedagógicas e administrativas, relativas aos cursos e programas ofertados a distância, podendo abarcar outras instituições públicas e privadas de ensino, de acordo com a demanda local. Além disso, pode oferecer cursos de licenciatura e de formação inicial e continuada a professores e trabalhadores da educação básica, capacitação de dirigentes e gestores, ampliação de projetos, pesquisas e extensão que visem o desenvolvimento socioeducacional, em regime de colaboração com instituições estatais e organizações não governamentais, entre outras qualificações, através do ensino.

Para Renato Medeiros, coordenador do Núcleo de Educação a Distância da UPE, que será responsável por inaugurar a oferta de cursos superiores através do Sistema UAB, a expectativa do Polo na ilha é positiva. “É uma expansão da universidade, em determinados lugares que não têm a oportunidade de ter a instituição com cursos presenciais. Então, a nossa expectativa para Noronha é a melhor possível para o desenvolvimento pessoal a partir dos cursos oferecidos”, diz.

Texto: Ney Anderson

Compartilhe esta postagem


pt Português
X