Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

16/09/2021 - Fernando de Noronha inicia segunda fase do estudo de imunidade pós vacina

Em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, a Administração de Fernando de Noronha vai iniciar a segunda fase da pesquisa de imunização, que faz parte do Estudo Epidemiológico em curso na ilha. A coleta de sangue para o exame sorológico inicia na segunda-feira (20) e segue até o dia 1 de outubro, no hospital de campanha, localizado no Bairro da Floresta Velha, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Para participar, é preciso ter tomado as duas doses da vacina. Quem não participou da primeira fase da pesquisa poderá participar da segunda.

O tipo de exame será o mesmo da primeira fase. A nova etapa vai avaliar a imunidade humoral (anticorpos) e celular (linfócitos) de defesa do organismo contra a Covid-19 após a aplicação da segunda dose. O objetivo é acompanhar o desenvolvimento imunológico dos moradores em cada etapa da vacinação. A terceira e última fase vai acontecer em fevereiro de 2022, seis meses após a aplicação da segunda dose da vacina.

“Essa pesquisa é muito importante para sabermos como está a imunidade da população. Com o resultado da segunda fase, já vamos obter um maior entendimento sobre o esquema de vacinação, sendo possível avaliar se é necessário uma terceira dose ou se é preciso uma vacina a cada 6 meses. Tudo isso vamos saber ao finalizar a pesquisa”, disse o superintendente de Saúde, Fernando Magalhães.

O sangue coletado nos moradores da ilha será enviado ao Recife e processado na Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope). Na medida em que forem concluídos, os resultados dos exames serão entregues a cada participante, de maneira sigilosa. Com o resultado da pesquisa, será possível avaliar o quanto a pessoa produziu de anticorpos em relação à segunda dose da vacina.

A população elegível para tomar a dose de reforço e que vai participar da pesquisa de imunização, deve fazer a coleta do exame de sangue sorológico antes da vacina. Essa medida evita uma possível alteração na leitura de anticorpos que poderia resultar em um dado falso.

Texto: Bruna Woolley

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados