Fernando de Noronha

Noronha na Mídia

01/03/2018 - Diário de Pernambuco - Noronha se prepara para novo Swell. Embarcações serão abrigadas na Baía do Sueste

Nesta quinta-feira, vinte embarcações de pequeno porte serão
transferidas do Porto de Santo Antônio para a Baía do Sueste,
em Fernando de Noronha. A decisão foi tomada diante alerta
da Marinha do Brasil e da Gestão Portuária da ilha sobre a
previsão da chegada de um Swell. A previsão meteorológica
indica que o fenômeno natural pode começar a agitar o mar
noronhense ainda nesta quinta-feira, chegando ao pico na sexta-feira.
De acordo o administrador de Fernando de Noronha, Plinio Pimentel esta iniciativa foi tomada
para reduzir, de imediato, os possíveis danos a moradores e turistas. "Em paralelo,
planejamos uma ação que terá um efeito a longo prazo, que será a reestruturação do Porto de
Santo Antônio, com intervenções para garantir a segurança de todos”, pontua o gestor da ilha.
A reunião definitiva com a emissão de todas as orientações cabíveis foi realizada com a
presença do Administrador Geral de Fernando de Noronha, Plínio Pimentel e representantes do
ICMBio (Instituto Chico Mendes da Biodiversidade), da Capitania dos Portos, Associação de
Barcos de Turismo (Abatur), da Gestão Portuária do Distrito e de donos de embarcações. Cada
proprietário ou representante de embarcação assinou um Termo de Compromisso com o
ICMBio, órgão responsável pela área do Parque Nacional Marinho (Parnamar), onde localiza-se
a Baía do Sueste. O documento garante a segurança do meio ambiente e das pessoas. “Aqui
estão todas as orientações para os barcos que forem ancorar no Sueste, incluindo, por
exemplo, que não haverá qualquer tipo de atividade comercial (turística) ou de pesca, e que a
bomba de porão deverá estar desligada para não haver riscos de vazamento de óleo”, ressalta
o gestor do Parque Nacional Marinho, Felipe Mendonça.
A Administração Distrital também assinala que nesta quinta-feira não haverá atividade náutica
no Porto de Santo Antônio e a plataforma flutuante de embarque e desembarque de
passageiros será retirada. A prevenção desta operação está sendo importante para quem
presenciou na ilha, em 2013, os estragos causados por um Swell. “Naquele ano não houve
preparação, fomos todos pegos de surpresa e foi um grande desastre. Por isso mesmo, desta
vez, nos surpreendemos positivamente com essa mobilização e planejamento para a
possibilidade de acontecer o swell e garantirmos a proteção do nosso patrimônio a tempo”,
comenta Felipe Rodrigues, dono de embarcação.
De acordo com Plínio Pimentel, o valor estimado para a execução do projeto de requalificação
total do Porto está orçado em R$ 4,6 milhões. Segundo ele, dentro de alguns dias, será
lançado o edital e a expectativa é de que as obras sejam iniciadas no primeiro semestre de
2018.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados