Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

16/04/2021 - Noronha vacina mais um grupo prioritário contra a Covid-19

Fernando de Noronha deu início hoje à vacinação contra a Covid-19 em policiais civis, militares e bombeiros que estão atuando na fiscalização das medidas sanitárias na ilha. Esse grupo prioritário também é responsável pelo atendimento às ocorrências relacionadas aos descumprimentos do decreto de restrições de atividades e serviços no arquipélago.

A aplicação das vacinas Coronavac, do Instituto Butantan, aconteceu no comando da Polícia Militar, na Vila do Trinta, e no comando do Corpo de Bombeiros, na Vila do DPV, respeitando todas as normas de distanciamento e proteção. Profissionais da Vigilância em Saúde do distrito vacinaram os agentes de segurança durante toda a manhã desta sexta-feira. A imunização foi motivo de comemoração para todos os que receberam as primeiras doses.

Daniela Costa, gestora de Atenção Básica de Fernando de Noronha, explica que  vacinar as corporações que atuam em Fernando de Noronha é algo necessário, por eles trabalharem em conjunto com a administração nos cumprimentos do decreto para evitar a propagação do vírus. “As forças de segurança e salvamento estão na linha de frente. Tanto os policiais que fazem investigação, quando pedimos apoio em alguma ocorrência, quanto os bombeiros que realizam atendimentos pré-hospitalares, precisam ficar imunizados contra essa doença. Por isso e fundamental imunizar esse grupo prioritário”.

O tenente do Corpo de Bombeiros, André Badin, ressaltou o trabalho feito pela corporação, principalmente no contato direto, e diário, com as pessoas.  “O Corpo de Bombeiros atua em todas as áreas de emergência. Seja em salvamento aquático, urbano, atendimento pré-hospitalar e incêndios. Ou seja, a gente tem um trato direto com todos os cidadãos, todo o fluxo turístico que entra e sai do arquipélago. Então, é muito importante a nossa corporação tomar a vacina, porque atuamos diretamente nessas ações necessárias em Noronha”.

A imunização foi motivo de comemoração para todos os que receberam as primeiras doses. O soldado Paulo Rocha, que tem nove anos na corporação, se sentiu aliviado em receber a vacina. “Eu me sinto realizado por ter recebido a primeira dose e vou ficar mais satisfeito ainda quando eu tomar a segunda”. Com o mesmo sentimento de felicidade, o cabo Ademilson Pereira destacou o trabalho que as forças de segurança realizam na ilha. “Desde o início da pandemia que a Polícia Militar vem trabalhando na fiscalização, atuando nas aglomerações, para conscientizar as pessoas no aspecto do distanciamento social e acabando com aglomerações”, disse.

Mesmo com as primeiras doses da vacina, no entanto, é necessário a manutenção de todas as medidas sanitárias, como uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos. A segunda dose das vacinas está programada para daqui a 28 dias, período recomendado pelas autoridades de saúde. Além desse grupo prioritário formado por policiais civis, militares e bombeiros, Noronha já vacinou todos os profissionais de saúde, idosos e pessoas com comorbidades.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados