Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

16/10/2020 - Noronha faz balanço positivo na primeira semana de reabertura total da ilha, com intenso controle da covid-19

Na primeira semana da abertura total do turismo, Fernando de Noronha recebeu 1.044 pessoas na ilha, sendo 721 turistas e 323 moradores e trabalhadores. Os números foram registrados desde o último dia 10/10, quando passou a ser permitida a entrada para turistas que ainda não tiveram a covid-19. Os visitantes puderam desfrutar de todas as praias e atrações da ilha, que estão totalmente liberadas. Com a obrigatoriedade da apresentação do resultado negativo para o coronavírus na entrada em Noronha, através do exame RT-PCR feito no dia anterior ao embarque ou no dia da viagem, o arquipélago segue controlando a pandemia de forma satisfatória, com medidas que serviram de exemplo para o país. Nesta primeira semana de abertura, das 1.044 pessoas que entraram, apenas duas, que chegaram sem o resultado do exame, testaram positivo para a doença e precisaram ficar em quarentena na ilha.

O primeiro caso foi de um turista que desembarcou no sábado (10) com um exame realizado há um mês, e não 24h antes, como pede o protocolo. Ele foi isolado, testado e teve resultado positivo para o novo coronavírus. O turista permanece em quarentena na pousada, pagando os custos do próprio bolso, até que um novo exame ateste a cura clínica. O segundo caso foi de um trabalhador de uma empresa da ilha, que desembarcou na quarta-feira (14). Mesmo cumprindo todos os protocolos, o resultado positivo saiu depois da chegada dele ao arquipélago. O trabalhador segue em isolamento, no alojamento da empresa.

Além do exame para a entrada, os turistas também realizam o mesmo exame na saída, para um monitoramento efetivo da disseminação do vírus, caso o resultado dê positivo. É mais um cuidado para evitar uma nova disseminação da doença no arquipélago. Noronha não tem transmissão comunitária desde maio. “Todo o nosso esforço durante esses meses de fechamento da ilha foi no sentido de retomar o turismo de maneira segura e consciente. Não poderíamos reabrir Noronha de forma irresponsável, de qualquer maneira. Por isso, optamos por duas etapas. A primeira, para os que já tiveram a Covid, até para podermos estudar melhor o fluxo das pessoas circulando na ilha. E a segunda, mais ampla, com os exames feitos com 24 horas antes da viagem, atestando negativo. Tudo isso é uma maneira de resguardar a saúde dos noronhenses e dos próprios visitantes, possibilitando que a economia da ilha volte a ser reativada com total segurança. Até agora o controle da doença na ilha está sendo exemplar”, ressalta Guilherme Rocha, administrador de Fernando de Noronha.

Fernando de Noronha registrou até o momento 126 casos de Covid-19, sendo 74 no arquipélago, incluindo os 46 identificados pelo estudo epidemiológico, e 52 casos de pessoas que chegaram infectadas do continente, desde a reabertura do aeroporto em junho, para moradores e trabalhadores em junho, considerados casos importados. Nenhum óbito aconteceu por conta do coronavírus no arquipélago.

Texto: Ney Anderson

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados