Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

29/06/2020 - Fernando de Noronha realiza celebração em homenagem a São Pedro, padroeiro dos pescadores

A manhã desta segunda-feira (29) foi especial em Fernando de Noronha, com muita fé e devoção a São Pedro, padroeiro dos pescadores. Após quatro dias de chuvas intensas na ilha, o sol apareceu e a missa em homenagem ao santo foi realizada ao ar livre, em frente à capela de São Pedro, localizada na Vila do Porto. Este ano não aconteceu a tradicional procissão marítima, conhecida como barqueata, nem a procissão terrestre, para evitar aglomerações.

Fiéis acompanharam a celebração de uma forma diferente, respeitando o protocolo de combate à pandemia, com distanciamento social, a utilização obrigatória de máscara e o uso de álcool em gel para higienização das mãos. O padre Flávio José de Araújo, que conduziu a missa, destacou que o momento novo foi carregado de forte emoção. “A celebração em homenagem a São Pedro foi linda. As pessoas participando foi muito gratificante. Mostrou ainda viva em nossa comunidade a manifestação de fé e devoção”.

O Governo de Pernambuco autorizou a reabertura das igrejas e templos religiosos desde o dia 22 de junho, mas com restrições. O pároco de Noronha, padre Flávio, reforçou que a igreja segue todos os protocolos de segurança para prevenção do coronavírus, como a higienização dos objetos antes e após as missas, o uso de máscaras e a orientação para que pessoas com mais de sessenta anos e crianças não participem dos atos litúrgicos.

“É um momento novo para cada um de nós. Isso nos dói, pois sabemos o quanto eles (os fiéis) ficam felizes com a celebração da santa missa. No entanto, conseguimos entender que é necessário trabalhar desta forma. Mesmo a celebração de hoje sendo campal (ao ar livre), nós reforçamos a questão do distanciamento social e a obrigatoriedade da utilização das máscaras. Para os que não trouxeram, nós distribuímos, e também o álcool em gel para a higienização das mãos. Tudo isso para os fiéis se sentirem seguros e nós também, com a certeza de que estamos cumprindo as orientações das autoridades sanitárias”, disse o padre.

O administrador de Noronha, Guilherme Rocha, esteve presente à homenagem ao padroeiro. Segundo ele, aos poucos, a normalidade vai se reestabelecendo na ilha. “Participar da missa hoje nos deu um significado muito forte sobre a fé, seja qual for a religião. Precisamos acreditar que tudo isso que estamos vivendo vai passar. Tradicionalmente, o dia de São Pedro é muito representativo para os ilhéus, com atividades o dia inteiro. Embora de uma forma reduzida, a homenagem não deixou de acontecer. O importante é a união e a compreensão de todos para que em breve a nossa ilha volte à sua rotina normal”.

Fátima Souza, moradora da ilha, percebeu a diferença na homenagem ao santo. “Mas São Pedro está satisfeito, porque a comunidade, os pescadores, não deixaram de homenageá-lo. É padroeiro deles e jamais São Pedro será esquecido por nós. Estaremos sempre na mesma fé, orando e agradecendo por todos”.

A missa começou pontualmente às 9h. Quando acabou, todos foram orientados a ir embora para não causar aglomerações. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 150 pessoas marcaram presença. Pescadores, empresários e integrantes do Conselho Distrital estiveram presentes.

Texto: Ney Anderson

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados