Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

16/06/2020 - Fernando de Noronha libera treinos de equipes esportivas na Ilha

A Administração de Fernando de Noronha liberou, nesta terça-feira (16), a volta dos treinos das equipes esportivas da ilha. Dentro desse grupo estão inseridas modalidades como handebol, futsal, surf, judô e canoagem. Como medida de prevenção à Covid-19, atletas e treinadores precisam seguir um protocolo de recomendações para dar início às atividades, com normas de distanciamento social, higiene e monitoramento.

A volta dos treinos esportivos é mais uma etapa no plano de flexibilização das atividades em Noronha.
"A ilha aos poucos está retomando sua rotina. Começamos a trazer de volta os moradores que estavam no continente. O comércio já voltou a funcionar. Agora os atletas, em sua maioria crianças, adolescentes e jovens, vão poder voltar a se exercitar em suas equipes esportivas e retomar os treinamentos", explica o Administrador da Ilha, Guilherme Rocha.

O handebol é uma das modalidades que vem se preparando para retornar aos treinos de acordo com as regras estabelecidas. O grupo inicia suas atividades ainda esta semana. O handebol na ilha é composto por cinco equipes de crianças e adolescentes, totalizando em média cinquenta atletas. De acordo com o treinador Isaac Lira, todas as medidas estão sendo estudadas cuidadosamente para cumprir todas as regras e evitar algum tipo de contágio.

“A ideia inicial é colocar dispensers de álcool em gel nos dois pontos de acesso à quadra da escola. Cada atleta vai trazer duas máscaras individuais, suas garrafas de água e não será permitido o compartilhamento de nenhum material esportivo. Tudo isso já foi acordado com eles. A ideia do retorno nesta semana é fazer algo mais recreativo para evitar os jogos devido ao alto contato físico, mas faremos muitas brincadeiras que eles gostam. A partir da próxima semana é que começaremos do zero. Com os menores, os treinamentos serão mais lúdicos, já para os adolescentes, serão normalizados com todo preparo físico iniciando aos poucos”, explica Isaac.

A canoagem também inicia esta semana com duas turmas fixas divididas em oito e seis pessoas cada. Para isso, será feita a higienização dos equipamentos e será respeitado o distanciamento adequado. As turmas farão as remadas em dias alternados, respeitando as regras.

“Estamos voltando com o objetivo de retomar uma rotina de trabalho, trazer oportunidade aos moradores de se exercitarem em contato com a natureza e principalmente aproveitar o privilégio de ter a ilha todinha só para nós, sem excesso de gente, movimentação e interferências. Estamos fazendo de forma gradativa para respeitar as regras da administração e preservar a saúde de todos”, afirma Bárbara Polezer, instrutora de canoagem.

Já as equipes de surf, judô e futsal ainda estão se organizando para o retorno dos treinos, e por enquanto, não tem uma data específica para reiniciar as atividades.

As regras do protocolo de treinos de equipes esportivas são:

Distanciamento social:
1. Manter o distanciamento social entre os atletas, de acordo com a especificidade de cada modalidade esportiva;
2. Realizar, sempre que possível, treinamentos em horários de menor fluxo de pessoas, de modo a evitar aglomeração;
3. Organizar as equipes ou turmas em grupos para facilitar a interação reduzida entre os participantes. A organização de pessoas em pequenos grupos ajudará a minimizar a possível interrupção das atividades, no caso de um participante apresentar os sintomas da COVID-19;
4. Evitar contatos muito próximos, como apertos de mãos, beijos e abraços.

Higiene:
1. Apenas permitir a entrada nos espaços esportivos utilizando máscaras, retirando somente quando estiver em atividade ou treinamento. Trocar a máscara sempre que estiver úmida, acondicionando em embalagem própria;
2. Garantir que os participantes façam higienização frequente das mãos com água e sabão ou higienizador à base de álcool a 70%, sempre ao entrar e sair dos espaços esportivos;
3. Garantir que os participantes façam higienização dos pés ou calçados através de solução apropriada, sempre ao entrar nos espaços esportivos;
4. Disponibilizar, para uso dos participantes, local para lavagem frequente das mãos, provido de sabonete líquido, ou disponibilizar álcool a 70%, em pontos estratégicos e de fácil acesso;
5. Promover uma boa higiene respiratória (encorajar as pessoas cobrirem espirros, tosse usando o cotovelo) e o cuidado de evitar tocar a boca, o nariz e o rosto com as mãos;
6. Realizar a limpeza e a desinfecção dos materiais e implementos esportivos de uso compartilhado após cada manuseio;
7. Realizar a limpeza dos banheiros e vestiários e dos pisos ao fim de cada sessão de treinamento;
8. Não permitir que se beba diretamente das fontes de água. Usar recipientes individuais ou copos reutilizáveis, não sendo permitido o seu compartilhamento;
9. Evitar o compartilhamento de material de uso individual, como garrafa, copo, alimento, toalha, entre outros, bem como materiais e implementos esportivos;
10. Privilegiar e incentivar a ventilação natural nos espaços esportivos. No caso de ambiente climatizado, verificar a higienização periódica dos aparelhos e a adequação de suas manutenções preventivas e corretivas de acordo com a legislação.

Monitoramento:
1. Informar aos atletas, paratletas, profissionais e praticantes em geral os sintomas da COVID-19. Em caso de apresentarem qualquer um dos sintomas, deve-se recomendar que não compareçam ao local de prática;
2. Orientar atletas e praticantes em geral a reportar qualquer sintoma gripal ou similar ao da COVID-19 ou, se teve contato com pessoa diagnosticada com COVID-19, permanecer afastado por um período de até 14 dias, ou a critério médico; 3. Esclarecer para todos os atletas e praticantes em geral os protocolos a serem seguidos em caso de suspeita ou confirmação de COVID-19;
4. Caso haja confirmação de atleta ou praticante com suspeita ou diagnosticado com COVID-19, deve ser realizada a busca ativa das pessoas que tiveram contato com o indivíduo inicialmente contaminado e comunicá-las para que adotem as medidas necessárias;
5. Manter nos espaços esportivos materiais explicativos de boas práticas de prevenção e higiene em locais de maior circulação e visibilidade; 6. Enviar, de forma online, informativos com a orientação sobre a COVID-19 assim como boas práticas de prevenção e higiene.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados