Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

01/05/2020 - Fernando de Noronha inicia distribuição de 3,5 mil máscaras para moradores e servidores

A Administração de Fernando de Noronha, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Social da ilha, deu início a distribuição de 3,5 mil máscaras de proteção para moradores e servidores noronhenses. A ação começou na quinta-feira, dia 30, nos bairros Três Paus, Vacaria, Boldró, Coreia, Sueste e Quixaba, segue nesta sexta-feira, dia 1, e termina sábado, contemplando os moradores das demais localidades. A doação é uma parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper/PE), que fez a doação das máscaras, e visa garantir a proteção da população contra a pandemia do Covid-19, obedecendo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A doação das máscaras faz parte do pacote de medidas do Governo de Pernambuco para impulsionar a indústria têxtil do Estado e ajudar na proteção dos servidores que continuam trabalhando diariamente em contato com o público. Porém, Fernando de Noronha estendeu as doações para a população. Para o administrador do arquipélago, Guilherme Rocha, a iniciativa tem como objetivo proteger a comunidade e diminuir os riscos da exposição ao Novo Coronavírus.

“Essa doação chegou em um momento muito importante, uma vez que todos precisam estar bem preparados para enfrentar a pandemia. Com a máscara, podemos minimizar a disseminação do novo corona vírus e ser um dos primeiros lugares a superar essa crise. Mas é importante sempre lembrar aos moradores que o isolamento social continua sendo a maior forma de proteção. Façam o possível para ficarem em casa”, afirmou Guilherme.

A entrega das máscaras está sendo feita diretamente nos domicílios de acordo com a identificação da quantidade de pessoas por família. Cada residência recebe duas unidades por pessoa. Ao receber os protetores faciais, as pessoas devem fazer a higienização correta antes do primeiro uso, seguindo as recomendações que estão numa cartilha produzida pela administração.

De acordo com o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, a produção das máscaras, além de fortalecer o trabalho do setor têxtil e manter a linha de produção em funcionamento, assegura os empregos de muitos trabalhadores do setor e ajuda a população e os servidores de Fernando de Noronha a se protegerem do Covid-19.

“Essas máscaras unem economia e saúde, pois enquanto elas estão sendo fabricadas, empregos são gerados e a economia está girando. Além disso, é importante que as pessoas, de um modo geral, estejam habituadas ao uso da máscara para evitar a propagação do coronavírus”, destacou.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados