Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

25/03/2020 - Fernando de Noronha põe em ação plano de contingência para combate à Covid-19

Com a finalidade de controlar a situação de emergência e minimizar as consequências negativas do novo coronavírus, a Administração de Fernando de Noronha vai colocar em ação um plano de contingência para atendimento da população. Para isso, serão contratados 14 profissionais de saúde e adquiridos materiais e equipamentos médico-hospitalares para a instalação de seis leitos emergenciais. Para os pacientes mais graves contarão com a prioridade do salvo-aéreo.


Para atender a demanda dos pacientes com suspeita do novo coronavírus a administração de Noronha, através da Superintendência de Saúde, vai transformar as salas de aula da escola Arquipélago, que se encontram sem atividades no momento, em um hospital de campanha, com 6 leitos temporários emergenciais, podendo ter a quantidade dobrada, caso necessário. Para isso, novos equipamentos serão comprados. A medida, autorizada pelo Governador Paulo Câmara, é preventiva, já que o Hospital São Lucas possui 12 leitos de enfermaria para comportar uma possível demanda.

De acordo com o administrador da ilha, Guilherme Rocha, o plano de contingência é posto em prática sob orientação estratégica do médico e ex-ministro interino da Saúde, Mozart Sales, dentro do termo de cooperação entre a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e a Secretaria Estadual de Saúde. “Para iniciarmos as ações, tivemos o aval técnico do Mozart, que é uma pessoa de vasta experiência na gestão pública, especificamente na área de saúde. Ele está nos orientando sobre como executar o trabalho da melhor forma, em benefício da comunidade noronhense”, disse Guilherme.


Dos 14 profissionais de saúde que serão contratados, 6 são médicos clínicos-gerais, 5 enfermeiros e 3 técnicos de enfermagem. A previsão é de que até a próxima semana todos estejam iniciando suas atividades. A administração já está analisando os currículos. Segundo o administrador, a ilha segue sem nenhum caso confirmado do Covid-19. No momento, cinco pessoas estão com suspeita do vírus e permanecem isoladas aguardando o resultado dos exames.

“Se cada um fizer a sua parte agora e respeitar o isolamento ficando em casa, venceremos essa batalha e seremos pioneiros no combate a esse vírus. Somos uma ilha e estamos geograficamente distante do continente e sem casos confirmados da doença, o que já nos deixa muito otimistas. Seremos exemplo para o mundo, como já somos em várias políticas públicas”, enfatiza Guilherme.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados