Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

10/01/2020 - Administrador de Fernando de Noronha faz balanço da gestão em 2019

Fernando de Noronha encerrou o ano de 2019 com uma grande festa da Praia do Porto de Santo Antônio, com o show do cantor Marcelo Falcão, ex-integrante do grupo O Rappa, entre outras atrações. A comemoração serviu para a entrada de 2020, mas também foi uma forma de coroar um ano de trabalho intenso da Administração Distrital, que conseguiu desenvolver projetos necessários em várias áreas do arquipélago. No social, foram entregues casas e terrenos. Na infraestrutura o destaque ficou com a reforma do Porto de Santo Antônio e o ordenamento da praia de mesmo nome. E também o início das obras das vias vicinais. O Aeroporto da ilha está com a iluminação noturna sendo implantada, o que vai possibilitar o socorro por salve-aéreo em qualquer horário. A BR também recebeu estudo para colocação de luz em LED em toda a extensão, que já será iniciada neste mês de janeiro. E ainda a criação de dois projetos na área de sustentabilidade e mobilidade. O Plástico Zero e o Carbono Zero. O primeiro com a proposta de acabar com a utilização, venda e consumo de diversos tipos de plásticos descartáveis, em vigor desde abril de 2019. E o segundo, o banimento de veículos à combustão. O Carbono Zero se tornou Lei, sancionada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara, na última terça-feira (7). Com isso, a partir de 2030 Fernando de Noronha estará livre carros que não sejam elétricos.

Confira a seguir o balanço de 2019 feito pelo administrador do arquipélago, Guilherme Rocha.


Plástico Zero e Carbono Zero

“O ano de 2019 foi muito importante no que tange a dois projetos importantíssimos de sustentabilidade em Fernando de Noronha. A começar pelo projeto Plástico Zero. O decreto foi publicado em dezembro de 2018, mas entrou em vigor em abril do ano passado, por causa do período de adaptação que estava previsto no próprio decreto. A partir deste período, a gente conseguiu trazer para fazer valer o decreto a própria comunidade e até os turistas. Com a consciência ambiental deles para que a sustentabilidade fizesse valer a pena na ilha. Então, o Plástico Zero mostrou-se para o turista e para o ilhéu o porquê dele ter que existir. Conseguimos trazer iniciativas privadas para dentro do projeto, possibilitando os patrocineos e viabilizando o projeto na prática. Fizemos o centro de engajamento, trouxemos a comunidade para participar e criamos lideres, que possam se engajar dentro da comunidade. Mostrando e fazendo entender o projeto de dentro para fora. Fazendo da ilha cada vez mais sustentável tirando totalmente o plástico descartável da ilha de Fernando de Noronha. Também conseguimos emplacar o Programa Noronha Carbono Zero. Crescer nessa questão que a gente está preocupado, que é chegar em 2030 com uma Noronha com a matriz energética cem por cento limpa e também sem carros à combustão circulando em Fernando de Noronha. Para que a gente transforme a ilha de Fernando de Noronha apenas com carros elétricos, com matriz energética renovável e sem carros que poluam mais o meio ambiente de Fernando de Noronha. Tudo está sendo feito com metas estratégicas bem definidas, objetivas, e que a população possa entender que são mudanças que precisam ser feitas. São um pouco dolorosas no momento, mas que fazem parte das nossas obrigações por conta do passado das nossas gerações, do que eles fizeram de agressão ao meio ambiente. E agora, no futuro, a responsabilidade está no nosso colo, da nossa geração. O meio ambiente não pode esperar mais. A gente precisa tomar uma atitude agora. Caso contrário, os nossos netos não vão poder ter filhos. Então, o meio ambiente não pode esperar mais. O que a população já foi ousada no passado contra o meio ambiente, a gente precisa ser ousado agora, a favor do meio ambiente, preservando, para que no futuro, ainda tenhamos um meio ambiente. O Programa Carbono Zero vai nessa linha de preservação do meio ambiente através de matriz energética limpa cem por cento em Fernando de Noronha e a mobilidade urbana. Tirando todos os carros à combustão e substituindo por carros elétricos”.




Reforma do Porto de Santo Antônio

“Entregamos um Porto de Santo Antônio novo para a população noronhense. Um porto que foi totalmente requalificado. Tanto o terminal de cargas, que estava em situação crítica, e que precisava melhorado, quanto o terminal marítimo. Fazendo um novo terminal marítimo de passageiros para dar maior e melhor comodidade a todos os passageiros, turistas e ilhéus, que utilizam o terminal para embarcar nos barcos de passeio e mergulho da ilha. Foi um trabalho muito forte que foi feito por toda a equipe da Administração, para que fosse entregue o mais rápido possível para a população noronhense. Uma grande demanda da população, que pedia durante muito tempo essa requalificação do Porto de Santo Antônio, que é o portal da ilha. Por onde é movimentado grande parte da economia de toda a ilha. É importante para o turismo e a economia como um todo de Fernando de Noronha”.

Requalificação da Praia do Porto

“Aproveitando a obra de requalificação do Porto de Santo Antônio, nós também fizemos a limpeza da Praia do Porto. Através de uma parceria junto ao Ministério Público de Pernambuco, onde procuramos deixar apenas os estabelecimentos regularizados que estivessem na beira da praia. Procurando ter maior espaço disponibilizado para o turista e o banhista, em geral, que quisesse aproveitar a praia do Porto como ela era antigamente. Totalmente aberta aos banhistas. E a gente conseguiu fazer isso. Então, hoje, a praia do Porto está totalmente liberada para os banhistas e turistas que querem aproveitar o local”.

Casas e terrenos entregues para a população

“2019 também foi um ano importantíssimo na área social em Fernando de Noronha. Conseguimos entregar 26 casas, realizando o sonho de 26 famílias da ilha. Dando início a Política Habitacional do Distrito de Fernando de Noronha, conhecida como PHD. Depois conseguimos iniciar a distribuição de 68 lotes de terrenos. E não paramos por aí. Ainda estamos dando continuidade a PHD, com a distribuição de novos terrenos. Graças a Deus, vamos conseguir distribuir em 2020 muito mais lotes. A ideia é que a gente possa zerar o déficit habitacional nos próximos anos em Fernando de Noronha. Tanto das casas quanto dos terrenos. Um ano importante como 2019, onde a gente deu o ponta pé inicial na Política Habitacional Distrital, não pode ficar esquecido. A gente não pode parar. O trabalho foi iniciado e agora que temos que continuar dando as mãos e com muito trabalho pela frente. A Política Habitacional é o projeto mais importante da área social de Fernando de Noronha”.

Iluminação do Aeroporto.

“Em 2019 nós tivemos uma notícia histórica para Fernando de Noronha. O Governo de Pernambuco, através do governador Paulo Câmara, deu a ordem de serviço de uma obra importante e tão sonhada para a população noronhense, que foi a iluminação dos morros na ilha, para que pudesse dar viabilidade aos voos noturnos de salvo aéreo para o nosso aeroporto. As obras já estão em andamento, com previsão de término para daqui há quatro meses. Isso vai ser de grande valia para a nossa população, onde hoje a gente funciona de forma precária na parte noturna, mas que mesmo assim, na forma que já estamos fazendo, com um trabalho de união, articulações fortes e cooperação entre a administração e a aeronáutica, nós conseguimos em 2019 fazer o primeiro voo noturno depois de dez anos. Um salvo aéreo que conseguiu salvar a vida de uma noronhense. Isso foi muito importante, comoveu a todos nós, mas mostra apenas que estamos começando um novo tempo em Fernando de Noronha. Um tempo de esperança, de novas conquistas. Um tempo de união. E que a gente pode conseguir cada vez mais através da união. A união da ilha faz o bem e traz novas conquistas para Noronha”.

Obras das vias vicinais

“Em 2019 iniciamos uma obra muito importante para a comunidade, que foi a obra das vias vicinais. Que consiste na compactação e estabilização do solo. No ano passado tivemos uma chuva torrencial que deixou algumas comunidades inviáveis para a entrada de carros, ônibus e outros veículos. E essa foi uma preocupação muito grande dentro da nossa gestão. Conseguimos iniciar uma obra que, com certeza, vai deixar muito mais tranquila as comunidades em períodos chuvosos. A obra vai ter a drenagem, compactação e impermeabilização do solo das estradas das vias vicinais das comunidades da ilha. Isso vai fazer com que quando tiver chuva, não mais vai virar aquela lama que atola os carros e tornam as estradas inviáveis para passagem dos carros, dos ônibus, das ambulâncias. Pretendemos terminar as obras em dois meses, no máximo. Antes do período das chuvas”.

Iluminação da BR

“Ainda no mês de janeiro nós vamos iniciar outra obra muito importante e esperançosa para a ilha de Fernando de Noronha. Que é a iluminação de LED da BR Miguel Arraes de Alencar. Uma obra que vai iluminar toda a BR de Fernando de Noronha, muito mais do que já existe a iluminação hoje, um tanto precária. Vamos clarear pontos que atualmente estão escuros, também em locais onde não existem postes, vamos colocar mais postes e iluminar mais o ponto de passeio de pedestres ao lado da BR. Essa será uma obra muito boa, importante, que vai deixar o ilhéu mais esperançoso”.

Texto: Ney Anderson

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados