Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

08/08/2019 - Administração de Noronha realiza ação de oftalmologia na ilha

Resultado de parceria entre a Administração de Fernando de Noronha, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, médico oftalmologista e sua equipe, e o LAFEPE, o projeto Boa Visão atuou em Fernando de Noronha identificando e tratando problemas oculares que acometem alunos matriculados na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM).

No período de 03 a 07 de junho, todos os alunos da rede escolar da ilha passaram por triagem dos técnicos da Educação e, em seguida, de 10 a 14 de junho, 204 alunos foram atendidos pelo médico oftalmologista voluntário, Ricardo Maia e equipe. Na ocasião, se identificou a necessidade de 89 óculos corretivos que serão doados pelo LAFEPE e entregues pelo Administrador da Ilha aos alunos da Escola Arquipélago no próximo dia 10 de agosto de 2019.

Carolina Melo, diretora técnica do Hospital São Lucas, comentou sobre a importância do projeto para os noronhenses. “A gente retomou este ano o Projeto Boa Visão, que é estadual, e tem o objetivo de auxiliar os alunos e os professores com dificuldade visual. É um projeto que faz uma avaliação a partir de triagem das pessoas. Os que tem indicação de lente corretiva é prescrito pelo oftalmologista e os óculos são fornecidos pelo Lafepe gratuitamente”. De acordo com ela, os atendimentos acontecem no primeiro semestre, para que sejam identificados precocemente possíveis problemas de visão nas crianças e elas consigam acompanhar o ano letivo.

Josemar Gomes, diretor da Escola Arquipélago, diz que ações desse tipo são de extrema importância, sobretudo para as crianças que estão em processo de alfabetização, nos primeiros passos no âmbito educacional, e não conseguem enxergar letras e números. “Isso define o futuro de uma criança. Pois se ela tiver algum problema de visão não vai render o máximo que pode, causando indisciplina na maioria das vezes. Porque a criança que não consegue visualizar bem não se compromete com a aula. A ação é essencial para a garantia do futuro do aluno”. Josemar comentou ainda a extensão dos atendimentos também para os educadores e funcionários da Erem Arquipélago com problemas de visão, que foram atendidos no projeto, porque eles precisam dar aulas diariamente para os jovens da ilha. “É uma categoria que precisa ler muito, estão sempre em formação, e a baixa visão atrapalha bastante. O Projeto Boa Visão é louvável”.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados