Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

07/02/2019 - EREM Arquipélago agora é semi-integral

Escola passa a ofertar modalidade aos Anos Finais do Ensino Fundamental

O ano letivo na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM), em Fernando de Noronha, começou com uma novidade: a implantação da modalidade ensino semi-integral com jornada dupla para os Anos Finais do Ensino Fundamental, que compreendem do 6º ao 9º ano. Com isso, a carga horária e o número de disciplinas na matriz curricular serão ampliadas. A partir de agora uma turma do sexto ano terá sete aulas diárias, totalizando trinta e cinco horas semanais de estudo. A ideia é que nos próximos quatro anos, todas as turmas do Ensino Fundamental entrem nesse sistema. O objetivo é alinhar a escola em uma única linha pedagógica.

A EREM Arquipélago passa a integrar o número de nove unidades públicas que ofertam a modalidade semi-integral com dupla jornada do Estado. Neste formato, as turmas estudam das 7h às 14h e outras das 14h30 às 20h40, permitindo que uma maior quantidade de jovens tenha acesso a esta modalidade de ensino. Além da mudança de grade curricular e carga horária, o Ensino Fundamental do noronhense passa a fazer parte do Programa de Ensino de Referência ligado à Secretaria-Executiva de Educação Integral e Profissional, da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco.

Essa categoria traz outro tipo de enfoque, que vai trabalhar com três eixos de inovação na ilha. A pedagógica, com quatro dimensões humanas: ser, conviver, aprender e fazer. E também o monitoramento institucional e gerenciamento do ensino.

“A escola é responsável por transformações sociais e quanto mais o jovem permanece em sala de aula, mais é potencializada a nossa condição de agente transformador. Nosso objetivo é que no futuro próximo ele consiga atingir os seus objetivos. O Estado de Pernambuco tem a maior rede de ensino integral do país, e Noronha vai assumir agora mais essa posição inédita ”, diz Josemar Gomes, gestor da EREM Arquipélago.

Agora, os jovens do Ensino Fundamental vão estudar disciplinas que não estavam na grade curricular regular, como Projeto de Vida, Empreendedorismo, Práticas Experimentais e Iniciação Científica. Outro benefício será a ampliação da carga horária das aulas de História e Geografia. Além disso, continuam com aulas de Língua Portuguesa, Arte, Língua Estrangeira (Inglês), Educação Física, Matemática, Ciências e Ensino Religioso, totalizando 5.600 horas de carga horária no final do ano. A mudança contribui também com a segurança alimentar do aluno, porque no semi-integral o estudante conta com lanche e almoço preparados sob orientação de nutricionistas.

Texto: Ney Anderson

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados