Fernando de Noronha

Acontece em Noronha

28/03/2018 - Noronhense conquista medalhas de ouro e prata em campeonato nacional de Jiu Jitsu

O arquipélago de Fernando de Noronha é reconhecido nacional e mundialmente quando o assunto é beleza natural. Agora, a Ilha se destaca pela atuação do atleta Fábio Henrique Araújo, pela pratica de artes-marciais. O ilhéu de 33 anos conquistou medalhas de ouro e prata no campeonato Floripa Fall Internacional de Jiu Jitsu, realizado em Florianópolis (SC), durante o último final de semana. O evento contou com cerca de 500 participantes de todo país.

De acordo com Fábio, a competição é promovida pela mesma instituição que organiza o Mundial da categoria, na Califórnia, sendo o único campeonato válido para classificação ao internacional. “É um orgulho muito grande representar Fernando de Noronha no Floripa Fall. Conquistei a medalha de prata na luta com kimono, no Master 1 pesadíssimo, e o ouro foi na disputa sem kimono, na mesma categoria. O mundial será em maio e buscarei apoio e patrocínio para levar Fernando de Noronha ao maior evento do Jiu Jitsu”, garante o atleta.

Praticando a arte marcial há seis anos, o lutador conta que nasceu no Rio Grande do Norte e chegou a ilha aos seis meses de idade. De lá para cá, consolidou-se noronhense. Essa identidade com a ilha fez com que Fábio se envolvesse em projetos sociais, um deles é voltado para ensinar Jiu Jitsu as crianças da ilha de forma gratuita. “Participo do projeto Dominus Jiu Jitsu, do professor Gustavo, responsável pela iniciativa. E lá também estamos comemorando uma grande vitória. Antes treinávamos na rua, às vezes debaixo de chuva. Agora, temos um espaço físico adequado, graças ao apoio da primeira-dama da ilha, Juliana Andrade e o administrador Plínio Pimentel. Se não fosse Juliana não teríamos esse espaço, que funciona na sala 4 do Centro de Geração e Renda, para tirar as crianças da ociosidade”, comenta Fábio.

Segundo o atleta, o projeto que conta com 30 crianças inscritas, entre meninas e meninos, se prepara para alcançar voos maiores. “Conseguimos com Juliana a doação de kimono para todas as crianças. Daqui para agosto iniciaremos os treinamentos para que os alunos possam participar do campeonato pernambucano”, acrescenta Fábio, que além de lutador é socorrista do Samu na Ilha. Para Juliana Andrade, é fundamental dar estrutura a projetos que estejam focados em crianças e jovens da ilha. “Nós sabemos que a ilha como um todo precisa de atenção, mas precisamos cuidar das crianças e jovens, a fim de evitar a ociosidade e a prática de atividades que não sejam legais. Ou seja, é preciso fomentar ações que levem conhecimento, disciplina, além de autoconhecimento. Nos colocamos à disposição, como parceiros, para ajudar e incentivar práticas culturais e esportivas deste porte”, pondera a primeira-dama da Ilha.

Outras Notícias

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados